zoom_in

Entende-se por pavimento flutuante a solução construtiva em que se colocam sobre o EPS tratado, separando-se da estrutura, o lastro e o piso acabado, evitando-se assim qualquer união rígida entre ambos.

 

Um pavimento flutuante é construído de maneira que se possam montar, sobre a laje bruta, placas de poliestireno expandido, próprias para o isolamento contra o ruído de passos, e sobre estas aplicar o papel alcatroado ou o filme de polietileno. Aplica-se depois, na construção de habitações de mais de um pavimento, pelo menos uma camada de pavimento flutuante de 3,5 cm de espessura, devendo, no entanto, ter-se claro que a camada do pavimento flutuante não pode ficar em contato, em nenhum ponto, com a laje ou a alvenaria, a fim de evitar pontes sonoras.

 

Das relações físicas conclui-se que se pode melhorar tanto mais o isolamento contra o ruído de passos com o pavimento flutuante, quanto menor for a frequência depende da massa do pavimento flutuante e do poder de elasticidade do material expandido (a rigidez dinâmica é uma medida do poder de elasticidade).

 

 

 
chat

Solicite mais informações

Preencha o formulário abaixo:

Confira também:

Laje Nervurada

Confira

Pérolas de EPS

Confira

Tavelas

Confira